[GEEU-L] RES: Res: Ancoragens e Equalização de paradas em ancoragens fixas ("P"s e chapeletas)

Davi Augusto Marski Filho - (www.marski.org) davi em marski.org
Qua Ago 22 18:35:43 BRT 2007


Olás !

 

Entao… a questao do “direcionador” é apenas esta : a força do  impacto nao
ser distribuida na ancoragem equalizada, e sim em apenas uma das protecoes
fixas… (e eventualmente, em virtude do tamanho da força gerada, vir a
“desmontar” o sistema).  Dando segue apenas na cadeirinha (sem a costura
direcionadora) , mesmo nao havendo o amortecimento do impacto na “puxada”
para cima do assegurador, o impacto realmente é gerado apenas em uma
protecao, o que pode ser temerário… Sem a costura, o guia iria cair um pouco
mais, o comprimento de corda ativa seria o mesmo que utilizando a costura
direcionadora, o impacto seria recebido apenas no sistema ATC+cadeirinha
(grigri+cadeirinha, etc…) mas propagado *igualmente*  na ancoragem, que se
estiver equalizada corretamente, terá essa força distribuida aproximadamente
50%-50% em cada uma das protecoes fixas (ao invés de praticamente 100% em
apenas uma protecao fixa, em caso de uso da costura direcionadora)…

 

Claro que é muito mais prático ter o escalador que está guiando clipado-se a
um direcionador, e inclusive isso é ultra-super-comum, entrentao, essa nao é
a situação necessariamente mais segura… ;-)  

 

Na escalada com protecao fixa, em geral as paradas sao em  “solidos” grampos
P de ½” ou em chapeletas com chumbadores a prova-de-bomba, capazes de
suportarem *sozinhos*  as grandes forças geradas durante uma queda. Vale
dizer que durante a queda, o sistema realmente é amortecido pelo atrito
entre os diversos componentes, assim como grande parte da energia gerada é
dissipada nos nós, no deslocamento do assegurador, no elongamento da corda,
etc… (mas isso todos nós já sabemos.. rsrsrsrs)

 

Quanto aos mosquetoes… em principio todos os modelos sao projetados para
receberem apenas forças unidirecionais (no sentido do comprimento). Todos os
mosquestoes, em testes de ensaio destrutivos, se mostram inseguros, ou seja,
com cargas de ruptura da ordem de apenas 2000N (por exemplo), quando
submetidos a forças multidirecionais….  Entao, o raciocionio para tornar o
uso mais “seguro” e evitar a aplicação de forças em locais “errados” ou
mesmo forças multidirecionais, seria simplesmente tentar “garantir” que a
fita colocada em um mosquetao (ou mesmo outro mosquetao), nao se desloque ou
se “movimente” do local desejado…  Utilizando-se o lado estreito do
mosquetao na fita, é mais dificil da fita deslocar-se e sair de posicao.

 

Entretanto.. (sempre tem um entretanto..), a grande maioria dos mosquetoes
HMS (ou Pera), e mesmo mosquetoes Ovais  (D Simétricos) sao projetados para
receberem as forças em uma grande parte da curvatura (nas estremidades,
claro) do mosquetão….

 

De qualquer forma, uma coisa importante a ser considerada é evitar-se ter o
mosquetao em uma situacao na qual ele possa vir a receber forças
multidirecionais ou deslocar-se de forma a vir a receber forças em sentidos
distintos do longitudinal… 

 

Hah.. sobre a questao da orientacao dos mosquetoes, se virados para “dentro”
ou “para fora”, eu realmente nunca parei para pensar nisso (e nao me lembro
de já haver lido algo a respeito)…  Nao sei até que ponto a orientacao faria
realmente diferença …  é um assunto que vale a pena pensar um pouco…

 

Abs e boas escaladas !

 

 

Davi Augusto Marski Filho

 

 <mailto:davi em marski.org> davi em marski.org 

 

(19) 3865.2885  (das 09:00 as 17:30h / segunda a sexta)

(19) 9103.6945

 

 <http://www.marski.org/> Marski - Montanhismo e Escalada na WEB

   

 <http://da.marski.org/>    P  

Antes de imprimir pense em
seu compromisso com o Meio Ambiente 
e o comprometimento com os Custos

 

De: geeu-l-bounces em listas.unicamp.br
[mailto:geeu-l-bounces em listas.unicamp.br] Em nome de Luiz Felipe Mendes de
Moura
Enviada em: quarta-feira, 22 de agosto de 2007 06:47
Para: Lista do Grupo de Escalada Esportiva da Unicamp
Assunto: Re: [GEEU-L] Res: Ancoragens e Equalização de paradas em ancoragens
fixas ("P"s e chapeletas)

 

Davi,

Aproveitando essa discussão. O texto não aconselha o uso de uma costura como
'direcionador' para fazer a segurança do guia, pois no caso de queda a carga
ficaria concentrada em uma só ancoragem. 
Eu costumo usar o direcionador, pois no caso de uma queda do guia antes
de passar a primeira costura (fator 2), o segurança é puxado para cima,
amortecendo o
choque. Sem direcionador, o segurança seria puxado p/ baixo, sobrecarregando
(sem
amortecimento) todo o conjunto cadeirinha, solteira, mosquetão e parada.

Abraço,

Felipe


autopack93-pa em yahoo.com.br escreveu:



Pergunta rapida:

 

Porque colocar os mosquetões com a parte "estreita" do mosquetão (se for um
mosquetão do tipo HMS ou Pêra) na "fita"?

 

Eu sempre coloco os mosquetões de cabeça pra baixo, ou a parte estreita na
chapa ou pino e a larga na fita. Me parece que nesta configuração qualquer
vibração nos mosquetões não fazem com que uma trava mal apertada se abra, o
que pode acontecer na forma como está no site.

 

Outra ponderação (essa meio irrelevante):

Voce não falou nada sobre a orientação dos mosquetões, mas eu sempre coloco
eles com as travas para "fora" da parada. Assim a fita exerce a força em
maior parte nas "costas" do mosquetão e não na trava que é a parte mais
fragil. Mas parece que um mosquetão mesmo avariado e com a trava aberta
ainda aguenta bem mais que a fita...

 

Grande Abraço 

Eduardo

 

 

 

----- Mensagem original ----
De: Davi Augusto Marski Filho - (www.marski.org)  <mailto:davi em marski.org>
<davi em marski.org>
Para: Lista do Grupo de Escalada Esportiva da Unicamp
<mailto:geeu-l em listas.unicamp.br> <geeu-l em listas.unicamp.br>
Enviadas: Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007 23:59:07
Assunto: [GEEU-L] Ancoragens e Equalização de paradas em ancoragens fixas
("P"s e chapeletas)

Amigos,

 

Fiz um texto (com ilustracoes !!!) sobre equalizacoes e montagens de
“paradas” em ancoragens fixas … Trata-se de um breve guia do que *NÃO*  deve
ser feito… (risos)…

 

Confiram em : 

 

http://www.marski.org/artigos_tecnicos/coisas_que_nao_devem_ser_feitas.htm

 

 

Eventuais críticas e sugestões serão muito bem vindas…  Lembrem-se e cuidem
da sua segurança antes de irem para escalada em rocha…

 

Abs e boas escaladas !

 

 

 

Davi Augusto Marski Filho

 

 <mailto:ti em wsystem.com.br> ti em wsystem.com.br

 <mailto:davi em marski.org> davi em marski.org 

 

(19) 3865.2885  (das 09:00 as 17:30h / segunda a sexta)

(19) 9103.6945

 

 <http://www.wsystem.com.br/> Wsystem Tecnologia em Computação

 <http://www.marski.org/> Marski - Montanhismo e Escalada na WEB

   

 <http://da.marski.org/> Erro! O nome de arquivo não foi especificado.   P  

Antes de imprimir pense em
seu compromisso com o Meio Ambiente 
e o comprometimento com os Custos

 

 


Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba
<http://br.rd.yahoo.com/mail/taglines/flickr/*http:/www.flickr.com.br/>
mais. 

 



  _____  



 
_______________________________________________
Geeu-l mailing list
Geeu-l em listas.unicamp.br
http://www.listas.unicamp.br/mailman/listinfo/geeu-l
  

 

-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://www.listas.unicamp.br/pipermail/geeu-l/attachments/20070822/f199a732/attachment.html>
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo não-texto foi limpo...
Nome: image001.gif
Tipo: image/gif
Tamanho: 766 bytes
Descrição: não disponível
URL: <http://www.listas.unicamp.br/pipermail/geeu-l/attachments/20070822/f199a732/attachment.gif>


Mais detalhes sobre a lista de discussão GEEU-L