[GEEU-L] [Fwd: [FEMESP] Manifesto sobre a parte alta do Parque Nacional do Itatiaia]

Davi Augusto Marski Filho (www.marski.org) davi em marski.org
Seg Dez 14 09:12:02 BRST 2009


Encaminhando, para vocês ficarem por dentro do que "rola" no PNI  
(Parque Nacional do Itatiaia).

Notem que há todo um lance político e não dá para chegar com os dois pés 
no peito. Eles nem tocam no assunto do Ecomotion (que injetou dinheiro 
no bolso do administrador para poder passar por dentro do parque) nem na 
grana que entrou quando dos 70 anos do parque... (e onde foi parar este 
dinheiro ? ).... É uma falta de transparência inaceitável no setor público.

Abs,

Davi Marski

*************

Pessoal,

Muitos de vocês tem acompanhado a atuação da FEMESP, FEMERJ e GEAN no  
PNI. É um grande e difícil trabalho com resultados razoáveis, mas  
ainda muito longe do ideal. Apesar da abertura de duas das trilhas  
tradicionais de travessias, continua sendo muito burocrático e  
complicado realizar qualquer pernoite no interior do Parque, seja nas  
trilhas, seja no Abrigo Rebouças. E ainda, com o fechamento mais ou  
menos recente do Alsene e da Pousada dos Lobos, a situação piorou  
bastante para quem quer curtir a parte alta e suas belas montanhas.

Na última sexta-feira, em reunião do Conselho Consultivo do PNI, os  
montanhistas, representados na oportunidade pelo Santiago, presidente  
do GEAN e nosso principal representante nas reuniões do Conselho e da  
Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo, apresentou e leu o  
manifesto abaixo reproduzido.
Esperiamos que nossas reinvindicações não caiam no vazio

Abraços

Silverio Nery
silverio em webcable.com.br


MANIFESTO PÚBLICO - CBME / FEMERJ / FEMESP


Através desta carta pública a FEMERJ, a FEMESP e a Confederação  
Brasileira de Montanhismo e Escalada - CBME, à qual as duas Federações  
são filiadas, vêm reforçar e destacar o fato de que, há anos, existe  
uma demanda formal e informal das Federações e de montanhistas em  
geral por uma opção de hospedagem na parte alta do Parque, na forma de  
camping e/ou abrigos de montanha.

Formalmente essa demanda tem sido encaminhada através da Câmara  
Técnica de Montanhismo e Ecoturismo ? CTME e do Conselho Consultivo do  
Parque, onde FEMESP, FEMERJ e GEAN, filiados à CBME, participam  
oficialmente. Essa demanda nunca foi priorizada e, repetida e  
historicamente, recebe uma série de objeções e dificuldades, nunca  
tendo respaldo para seguir adiante como um projeto de implantação.  
Observa-se ainda que, no mesmo período, houve aporte significativo de  
recursos (e implantação) de inúmeras outras ações, tanto na parte alta  
quanto na parte baixa. Este fato tornou-se mais evidente na  
comemoração dos 70 anos do PNI, quando houve aporte de um montante  
razoável de recursos para o Parque, mas muito pouco foi aplicado no  
sentido de resolver a demanda de onde se hospedar na parte alta. As  
ações limitaram-se a uma pequena reforma do Abrigo Rebouças,  
culminando com sua reabertura e festa de re-inauguração, feitas com  
recursos oriundos de parceiros, tendo o Parque entrado com mão de obra.

Sem prejuízo ao valor histórico do Abrigo Rebouças - que deve ser  
preservado ? e a importância das ações executadas em prol deste, a  
reforma até o momento não atendeu a demanda original dos montanhistas,  
uma vez que a sua capacidade é muito pequena - para apenas 20 pessoas,  
e recentemente reduzida para 16. Como agravante, o sistema de reserva  
e uso do Abrigo é ineficaz do ponto de vista organizacional e  
administrativo, sendo alvo de constantes reclamações. Entretanto,  
ressaltamos que, mesmo que as reservas do Abrigo Rebouças fossem  
eficazes, ainda assim não atenderiam a demanda existente com seus 16  
lugares. Some-se a isso outros problemas associados ao Abrigo que não  
foram priorizados nem resolvidos na pequena reforma - dos quais o mais  
grave é sua fossa séptica - e temos ali uma situação inaceitável do  
ponto de vista de uso público.

Na parte alta, as opções de hospedagem para visitantes e montanhistas  
acabaram se voltando para o Alsene e, um pouco mais longe (por estrada  
em péssimas condições) à Pousada dos Lobos. Contudo, recentemente a  
direção do PNI interditou ambos os estabelecimentos. Não discutimos os  
motivos e o mérito da interdição, entretanto destacamos que esta  
interdição, somadas ao horário de funcionamento do parque,  
praticamente inviabilizam várias atividades na parte alta por  
montanhistas.

Os 13km de estrada entre a Garganta do Registro e o Posto Marcão  
demandam de 40 minutos a uma hora de deslocamento em veículo comum,  
por estrada rústica normalmente em péssimas condições. A opção de  
hospedagem ou camping mais próxima fica há alguns quilômetros da  
Garganta do Registro, seja na direção Itatiaia, seja na direção de  
Itamonte, e é evidente que a visitação e as atividades de montanha  
ficam severamente prejudicadas no contexto criado: ausência de um  
camping rústico na parte alta aliada ao fechamento das únicas opções  
existentes. Adicionalmente, ressaltamos que o ato de pernoitar em  
montanha, é uma atividade que faz parte da cultura do montanhismo no  
mundo todo, e cuja prática é limitada, pelas mesmas razões, no  
Planalto do Itatiaia.

Por esta razão, através deste manifesto, solicitamos que a questão da  
hospedagem na parte alta do PNI seja finalmente considerada  
prioritária, passe a constar da agenda de ações da direção do Parque e  
se concretize em dois projetos simples e de baixo custo:
*
1-   A criação de um camping rústico na parte alta em local inclusive  
já indicado no Plano de Uso Público do Parque. Prazo desejado: Maio de  
2010;
2-    A adoção de um processo administrativo transparente, justo e  
eficaz para a utilização do Abrigo Rebouças. Prazo desejado: Março de  
2010.
As entidades que assinam este manifesto oferecem sua ajuda técnica e  
tradicional disposição para que estas demandas se concretizem.*

Atenciosamente,

Silverio Nery

Presidente da FEMESP e da CBME

Bernardo Collares

Presidente da FEMERJ

Edson Santiago

Presidente do GEAN



-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://www.listas.unicamp.br/pipermail/geeu-l/attachments/20091214/8db6e0b9/attachment.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão GEEU-L